Capital de giro BNDES: Como adquirir

Capital de giro BNDES: Como adquirir
Gostou então Vote!

Capital de giro BNDES: Como adquirir

Saiba como adquirir capital de giro BNDES para sua empresa. O BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) se trata de uma empresa pública federal. É a principal fonte de suprimento de recursos para financiamentos a longo prazo e investimento de teor nacional. Foi criado no ano de 1952 e desde então tem participado dos principais investimentos nacionais.

Esse banco é responsável por conhecer a base produtiva de todo o país. Por isso, ele busca apoiar investimentos que aumentem a competitividade das empresas brasileiras. O principal objetivo é fazer com que o Brasil cresça em sua produtividade de maneira não inflacionária.

Uma vez que o BNDES não atua no varejo, não há agências pelo país, mas alguns colaboradores para que os recursos cheguem naqueles que precisam. Dessa maneira, as operações acontecem por meio de instituições financeiras credenciadas. Quase todos os bancos do território nacional são credenciados.

A missão desse banco é desenvolver a economia do país, gerar mais empregos e diminuir as desigualdades sociais. No entanto, como qualquer outro tipo de financiamento, há restrições sobre quem e o que pode receber o capital de giro BNDES. Confira:

Quem pode receber o capital de giro BNDES?

Para receber o capital de giro BNDES é preciso ser uma empresa instalada no território nacional, mesmo que seja de controle estrangeiro. Além disso, podem ser de administração pública, cooperativas, associações ou mesmo empresários individuais que tenham CNPJ. No entanto, ainda é possível algumas pessoas físicas conseguirem o financiamento.

O BNDES possui uma classificação que utiliza para enquadrar as empresas nas condições e linhas de financiamento. Essa classificação se trata do tamanho da empresa referente ao faturamento anual de cada uma. Se dá da seguinte maneira:

  • Microempresa: Faturamento anual de até R$2,4 milhões;
  • Pequena empresa: Faturamento anual de R$2,4 milhões até R$16 milhões;
  • Média empresa: Faturamento anual de R$16 milhões até R$60 milhões;
  • Empresa média-grande: Faturamento anual de R$60 milhões até R$300 milhões;
  • Grande empresa: Faturamento anual acima de R$300 milhões.

Essa classificação pode ser aplicada a indústria, comércio e outros tipos de empresas.

No entanto, não é qualquer pessoa física que pode receber o capital de giro BNDES. Somente podem receber aqueles que são: produtores rurais (efetiva atuação no setor agropecuário, mas para investimentos no setor); caminhoneiros (transportador autônomo registrado no RNTRC para aquisição de caminhões); e microempreendedores (formal ou informal, por meio do BNDES microcrédito).

O que pode ser financiado pelo BNDES?

Uma vez sabendo se você pode conseguir um capital para seu negócio ou não, ainda é preciso entender para qual objetivo o dinheiro pode ser utilizado. Há algumas especificações que podem fazer com que você não consiga passar na análise. Por isso, fique atento para qual finalidade irá utilizar o capital de giro BNDES. Caso contrário, é possível optar por um empréstimo comum.

O financiamento pode ser utilizado para as seguintes finalidades:

  • Construção, ampliação ou reforma de algum negócio;
  • Adquirir maquinário (fabricados no Brasil e credenciados pelo BNDES);
  • Importar maquinário (que não possua no território nacional);
  • Comprar bens de produção e serviços;
  • Produzir bens para que sejam exportados;
  • Comprar caminhões;
  • Capital de giro em determinadas condições (na solicitação será explicitado).

Estar dentro das condições para conseguir o financiamento não é difícil. Porém, caso você não esteja inserido nos investimentos apoiados pelo banco, é possível que esteja naqueles que o BNDES não apoia.

O capital de giro solicitado não poderá ser utilizado em casos de: empreendimentos imobiliários, empreendimentos no setor de mineração, comércio de armas, motéis, atividades bancárias ou empreendimentos voltados para jogos ou similares. Há outros negócios em que você não terá apoio do BNDES, por isso, procure fazer uma pesquisa da lista completa.

Como solicitar o financiamento do BNDES?

Percebeu que você está na lista dos projetos apoiados e decidiu solicitar um financiamento para sua empresa? Saiba que eles podem ser concedidos direta ou indiretamente. Até as médias empresas isso acontece de maneira indireta, por meio das instituições financeiras credenciadas. Assim, os maiores bancos nacionais têm autorização para repassar os recursos.

O primeiro passo a ser tomado é procurar pelo gerente do banco credenciado, de preferencia que você já tenha algum vínculo. Esse vínculo é importante, pois a instituição já saberá o seu conhecimento como cliente, de maneira a saber como você age com seus compromissos financeiros. Por isso, o próprio banco será responsável pela análise e aprovação do crédito.

A análise concedida pelos bancos para o capital de giro BNDES irá verificar as condições do banco nacional e as próprias regras para crédito. Geralmente o processo é muito ágil dependendo da qualidade das informações dadas pelo cliente. Porém, o resultado pode demorar alguns dias. É possível contatar o BNDES para saber o andamento da solicitação.



Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.