Caixa Econômica Federal lança linha de crédito para microempreendedor individual – MEI

Caixa Econômica Federal lança linha de crédito para microempreendedor individual – MEI
Gostou então Vote!

Caixa Econômica Federal
Para você que é Empreendedor Individual e quer expandir ainda mais o seu comércio, conheça o programa MEI (Microempreendedor Individual). Um plano de produtos e benefícios disponibilizados pela Caixa Econômica Federal. São favorecidos – empresários que faturam até R$ 36.000,00 por ano, não tenha participação como sócio ou titular em outra empresa, possua apenas um estabelecimento e tenha até um funcionário contratado.

Pessoas com este perfil terá acesso a benefícios como conta-corrente, cheque empresa CAIXA (com taxa de juro de 2,87% a.m), GiroCaixa Fácil (taxa de juro de 2,64% a.m) e cartão de crédito empresarial – bandeira Visa.

Além dos benefícios já citados, o plano de relacionamento prevê também a concessão de benefícios como isenção da primeira anuidade do Cartão de Crédito, isenção da tarifa de cadastro, taxa de juro diferenciada na operação Cheque Empresa CAIXA e manutenção da conta por 12 meses. Através desse plano, a Caixa Econômica Federal disponibiliza um limite de crédito de até R$ 1.600,00 por pessoa (MEI), conforme suas necessidades e capacidade de pagamento.

Para proporcionar melhor atendimento e facilitar o acesso ao plano, a CAIXA disponibiliza 1.135 empresas de contabilidade credenciadas para colaborarem como Correspondente CAIXA Aqui, por todo o Brasil.

Empreendedor Individual

A Lei Complementar nº 128, de 19/12/2008, criou condições especiais para que o trabalhador conhecido como informal, possa se tornar um Empreendedor Individual legalizado (MEI).

Profissões como ambulante, artesão, animador de festas, banhistas de animais domésticos, borracheiro, cabeleireiro, costureira, chaveiros, comerciantes, diarista, encanador, esteticista, fabricantes, fotografo, instalador, instrutor,  lavadeiro,  manicure, mecânico, motoboy, pedreiro, professora particular, proprietário de um estabelecimento, reparador  e etc. Estas e muitas outras profissões enquadram-se nesta categoria.

A formalização do Empreendedor Individual é feita pela Internet (MEI), de forma gratuita, no endereço www.portaldoempreendedor.gov.br.

Dentre as vantagens oferecidas, está também o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), que facilita a abertura de conta bancária, solicitações de empréstimos em bancos/financeiras e emissão de notas fiscais de produtos/serviços vendidos; obtenção de benefícios, como aposentadoria, auxílio maternidade e auxílio doença; além da isenção de impostos federais, como Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL.



Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.