BNDES Microcrédito – Empréstimo para microempreendedores formais e informais

BNDES Microcrédito – Empréstimo para microempreendedores formais e informais
Gostou então Vote!

BNDES Microcrédito
O BNDES microcrédito é a concessão de empréstimos de pequena monta a microempreendedores ocasionais e convencionais, geralmente sem acesso ao sistema financeiro original.

Quem tem direito

Podem receber os recursos do BNDES Microcrédito pessoas e empreendedores corporativos de pequenas ações lucrativas, isto é, os que obtêm renda bruta que é igual ou inferior a R$ 360 mil em cada doze meses.

As finanças costumam ser usadas para financiar o capital de giro e/ou investir em produtivos fixos, por exemplo, obtenção de insumos e produtos, obras civis, compra máquinas e equipamentos novos e usados.

Como é a assistência

A ajuda é feita indiretamente, através do financiamento para os operadores, que transferem os recursos diretamente para o microempreendedor.

O agente operador determina a quantidade da taxa de juros, bem como o capital de acordo com limitações pré-reconhecidas.. Como o BNDES não trabalha especificamente – em ajuda de microempreendedores, as partes devem entrar em contato com os provedores de microcrédito em sua cidade/região, que irão analisar a probabilidade de conceder o empréstimos e condições de financiamento.

Quem é capaz de pedir

Pessoas e empresários autorizados de ações frutíferas que são pequenos, isto é, aqueles que obtêm receita bruta igual ou menos do que R $ 360 mil em cada doze meses.

Então, o que pode ser financiado

Capital de giro e investimentos como obras municipais, compra de máquinas e equipamentos novos ou usados, e obter insumos e produtos.

Como solicitar

Contactar o agente operador do BNDES Microcrédito mais próximo de sua cidade/região ou consultar com as instituições financeiras que fornecem suas próprias redes de funcionários de microcrédito.

Em todos os casos, o agente operador irá analisar as chances de permitir o crédito e também as condições do financiamento.

Taxa de juros

Discutida entre o agente operador e o cliente, não superior a 4% ao mês, considerando-se todos os encargos.

Taxa de Abertura de Crédito (TAC)

Taxa administrativa que pode ser cobrado pelo agente operador no momento da abertura do crédito, não superior a 3% do valor financiado.

A participação do BNDES

Até 100% da quantidade emprestado.

Prazos

Negociado pelo cliente, juntamente com o agente operador.

Garantias

Negociado pelo cliente, juntamente com o agente operador. Não serão necessárias garantias reais, uma vez que todas as transações são garantidas pela garantia de solidariedade.



One comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.