Além do Fies, conheça outras alternativas de crédito estudantil

Além do Fies, conheça outras alternativas de crédito estudantil
Gostou então Vote!

Além do Fies, conheça outras alternativas de crédito estudantilOs empréstimos privados são opções para cobrir a graduação daqueles que não se encaixam nos novos princípios do financiamento estudantil federal. Mas, fique calmo, existem outras alternativas de crédito estudantil.

As mudanças nos regulamentos do Fies (Financiamento Estudantil), um programa do governo federal que atende 1,9 milhões de estudantes, desencadeou um alvoroço nas universidades. A demanda por formas alternativas de crédito estudantil aumentou e várias instituições começaram a subsidiar os juros das novas alternativas.

Como opção, o custo das despesas da faculdade pode ser feito por programas como o Pravaler, privado, bem como por financiamento bancário ou, até mesmo, através de prestações de serviços, como na Bolsa Universidade, cedida pelo governo do estado de São Paulo.

A Fenep (Federação Nacional das Escoas Particulares) estima que as novas regras do Fies podem reduzir em até 20% a quantidade de estudantes beneficiados nas instituições de ensino privado. A Proteste (associação de defesa do consumidor) recomenda, então, alternativas de crédito estudantil para os estudantes universitários.

Crédito Privado

Entre os bancos, o Itaú oferece crédito para estudantes de faculdades associadas e financia as 12 mensalidades do ano em até 24 meses. “No entanto, juros e outras taxas são inclusos, devemos determinar se vale a pena”, diz advogada. No caso de estudantes que não tiveram renovação garantida do Fies, a advogada alega que eles podem tentar resolver a situação com escolhas de curto prazo, que oferecem crédito em certas situações.

O Banco Santander, por exemplo, oferece o financiamento de compra de matérias escolares, crédito que pode ser empregado por professores e alunos. “O aluno deve ver que linha de crédito será aplicada ao seu perfil e necessidade. Ele também precisa verificar os requisitos de crédito e avaliá-los, uma vez que eles não são exatamente o mesmo”, diz.

PraValer

Na lista de programas que são mais próximos do Fies está o Pravaler, que foi criado em 2006 e financia até 100% da faculdade. O programa já forneceu R$ 1 bilhão para cerca de 50 mil estudantes. As mudanças dentro do Fies fizeram com que o numero de cadastros no site do PraValer dobrassem.

O programa tem parceria com diversas instituições de ensino, para subsidiar parcial ou totalmente os juros do financiamento. “Fazemos análise de crédito. É necessário que o interessado tenha um garante e nome limpo. A renda familiar, somada, deve ser o dobro do valor da mensalidade”, diz o diretor executivo responsável pelo Pravaler.

Não é necessário ter Enem. “O Pravaler não exige uma pontuação mínima do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Desta forma, o estudante pode fazer sua inscrição online e já tem a resposta em instantes”, destaca.

Existem outras alternativas, como o Bolsa Universidade, do governo de São Paulo, que, desde 2003, já atendeu mais de 200 mil estudantes do ensino superior, que em troca de serviços comunitários ao finais de semana como educadores nas unidades do Programa Escola da Família têm a faculdade paga.

Serviço:

Pravaler
Programa de crédito válido para alunos que já estudam o curso e também para novos alunos. Taxa de juros de 0% a 2,19% ao mês. Para mais informações, clique aqui.

Educa Mais Brasil
Programa da iniciativa privativa. Ele fornece mais de 150 mil de bolsas de estudo com até 70% de desconto. Para mais informações, clique aqui.

Bolsa Universidade
O governo do São Paulo cobre 50% e os demais são assumidos pelas universidades. O bolsista deve cumprir 8 horas de atividades na escola da família. Para mais informações, clique aqui.



Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.